Ninguém deverá ser submetido a interferências arbitrárias na sua vida privada, família, domicílio ou correspondência, nem ataques à sua honra e reputação. Contra tais intromissões ou ataques todas as pessoas têm o direito à proteção da lei.
Declaração universal dos direitos humanos artigo 12
SODAJOVEMGUARDA
Deseja a todos os visitantes , um Dia repleto de Felicidades, de Amor e Paz. Que todos nós tenhamos a consciência que o rancor, o ódio, e outros sentimentos mesquinhos a nada levam, apenas corrompem nossa alma. Que tenhamos a Paz de Espírito para o discernimento correto de que estamos fazendo aquilo que é justo e correto para nós e nossos semelhantes. Que tenhamos o prazer de ser útil a alguém. que hoje seja um dia de muitas transformações e realizações para todos, não só no campo material, mas principalmente em nossa alma, em nosso "eu" interior. Desejo que todos tenham o que for justo, belo, sereno e louvável ao olhos do criador. Que neste dia os anjos desçam do céu e iluminem o seu sorriso para que ele se torne tão sincero quanto o sorriso de uma criança. E que você transmita a paz e o amor a todos aqueles que se aproximarem de você. A melhor história é aquela se faz hoje... Lembranças nem sempre são fáceis, assim como águas passadas, não movem moinhos. Sonhos se realizam sim, mas não sem suor, ou sem muitas lágrimas. Por melhor ou pior que seja, qualquer data é uma mera lembrança, porque mesmo que real, também já passou. A vida se dá hoje, no sonho em que construímos diariamente.
Tenha um bom dia!!!!



The Animals (Album 1967)



The Animals Origem:

The Animals foi uma banda de rock britânica dos anos 60 formada em Newcastle upon Tyne por Eric Burdon (vocais), Alan Price (órgão), Hilton Valentine (guitarra), John Steel (bateria) e Bryan "Chas" Chandler (baixo).
O sucesso moderado do grupo em sua terra natal os motivou a se mudarem para Londres em 1964, bem em tempo de serem incluídos na Invasão Britânica. Eles apresentavam versões de sucessos do rhythm and blues, e foram uma das primeiras bandas a serem influenciadas por Bob Dylan (inclusive lançando duas covers de músicas dele). Os Animals alcançaram sucesso com seus compactos "Baby Let Me Follow You Down" e "The House of the Rising Sun". Os vocais uivados de Burdon e os arranjos dramáticos de Price criaram indubitavelmente o primeiro hit do folk rock. Os sucessos se seguiriam com "Bring It On Home To Me" (hit na voz de Sam Cooke) e "Don't Let Me Be Misunderstood" (de Nina Simone).
Em 1965, entretanto, o grupo estava prestes a se separar. Price deixou a banda para continuar como artista solo, gravando uma versão de sucesso de "Simon Smith And The Amazing Dancing Bear", de Randy Newman. A banda continuou, agora sob a égide de "Eric Burdon and the Animals", mudando seu estilo musical. Abandonando o blues, passaram a tocar a versão de Burdon para o som psicodélico. Alguns dos sucessos desta época foram "San Franciscan Nights" e "Monterey", um tributo ao histórico festival de 1967 que apresentou, entre outros, Janis Joplin, Otis Redding e Jimi Hendrix. Em 1970 a banda se dissolveu, e Eric Burdon juntou forças com um grupo latino de Long Beach, Califórnia, chamado "War".
O grupo tentou retomar a carreira em 1976, gravando um novo álbum que apesar de receber alguns elogios, não teve grande repercussão. Nova tentativa foi feita em 1983( com Ark) e uma série de apresentações que renderam um disco ao vivo, mas que não conseguiram alavancar a nova tentativa da banda. Burdon voltou a carreira solo e os "Animals" são lembrados como um dos expoentes do rhythm and blues britânico dos anos 60.


Nenhum comentário:

Você Pode Gostar